"Vivemos ainda nesse estranho regime que associa a moralidade à crença religiosa, como se existisse alguma relação entre religiosidade e comportamento moral, como se não soubéssemos nada sobre a lambança feita pelos padres com as crianças e adolescentes – para não falar dos séculos de lambança obscurantista e anticientífica promovida pelas religiões..." Idelber Avelar

terça-feira, 31 de maio de 2011

ATEUS.NET

Promoção Ateus.net no Twitter
Siga o @Ateusnet no Twitter e concorra aos três livros de André Cancian:
Ateísmo & Liberdade (2002)
O Vazio da Máquina (2009)
Ateísmo e Niilismo (2011)
Para concorrer é simples:
1. Siga o @Ateusnet no twitter.
2. Retuite a mensagem original da promoção.
A promoção terá validade de 1 mês a partir da data de hoje (28/05).
Boa sorte!




Ateus.net no Facebook | Siga-nos no twitter: @ateusnet



A mensagem acima foi enviada porque em 18/09/2010 10:13 seu e-mail foi inscrito no Ateus.net.

Você pode alterar ou cancelar sua inscrição a qualquer momento.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

ATEUS.NET

Promoção Ateus.net no Twitter
Siga o @Ateusnet no Twitter e concorra aos três livros de André Cancian:
Ateísmo & Liberdade (2002)
O Vazio da Máquina (2009)
Ateísmo e Niilismo (2011)
Para concorrer é simples:
1. Siga o @Ateusnet no twitter.
2. Retuite a mensagem original da promoção.
A promoção terá validade de 1 mês a partir da data de hoje (28/05).
Boa sorte!




Ateus.net no Facebook | Siga-nos no twitter: @ateusnet



A mensagem acima foi enviada porque em 18/09/2010 10:13 seu e-mail foi inscrito no Ateus.net.

Você pode alterar ou cancelar sua inscrição a qualquer momento.

« newsletter ateus.net » publicações recentes


Olá,

Confira as publicações mais recentes do Ateus.net:

  1. Voltaire quando do terremoto de Lisboa
    Ó infelizes mortais, ó terra deplorável. Ó ajuntamento assustador de seres humanos! Eterna diversão de inúteis dores! Filósofos alienados que proclamam: — tudo vai bem. Venham contemplar essas ruínas horrendas, esses destroços, esses farrapos, essas cinzas malditas, essas mulheres e essas crianças amontoadas sob mármores partidos, seus membros espalhados. Cem mil desafortunados que a terra devora, que sangrando, dilacerados, e ainda palpitando, enterrados sob seus tetos, sucumbem sem socorro, no horror de tormentas findando seus dias! Diante dos gritos de suas vozes moribundas, do horror de suas cinzas ainda crepitantes, vocês dirão: é a consequência de leis eternas que um Deus livre e bom resolveu aplicar?! Vocês dirão, vendo esse amontoado de vítimas: Deus vingou-se, e a morte deles é o preço de seus crimes?!

  2. Promoção: siga o @Ateusnet no Twitter e concorra aos três livros de André Cancian
    Siga o @Ateusnet no Twitter e concorra aos três livros de André Cancian: Ateísmo & Liberdade (2002), O Vazio da Máquina (2009) e Ateísmo e Niilismo (2011). A promoção terá validade de 1 mês a partir da data de hoje (28/05). Boa sorte!

  3. Ateus.net com servidor dedicado
    Devido ao grande número de acessos, o Ateus.net vinha enfrentando constantes episódios de instabilidade. Além dos períodos de downtime, era constante a lentidão nos horários de pico, tornando a navegação uma experiência certamente desagradável. Para amenizar essa situação, agora o Ateus.net conta com um servidor dedicado, proporcionando os recursos necessários para que o site continue crescendo cada vez mais.

  4. O deus que não estava lá
    A Terra gira ao redor do Sol. Mas isso não foi sempre assim. O Sol costumava girar ao redor da Terra. Foi assim durante centenas de anos, até que se descobriu que era de outro jeito... e mesmo por algumas centenas de anos depois disso... Mas, finalmente, depois de muita confusão a Terra começou, de fato, a girar ao redor do Sol. O cristianismo estava errado sobre o sistema solar. E se também estiver errado sobre outra coisa?



Ateus.net no Facebook | Siga-nos no twitter: @ateusnet




A mensagem acima foi enviada porque em 18/09/2010 10:13 seu e-mail foi inscrito no Ateus.net.

Você pode alterar ou cancelar sua inscrição a qualquer momento.

domingo, 29 de maio de 2011

Ecocidio

Ecocidio


Dívida Interna do Brasil: Perigo à Vista, por Waldir Serafim

Posted: 29 May 2011 08:40 AM PDT

Publicado originalmente em http://www.sonoticias.com.br/opiniao/2/100677/divida-interna-perigo-a-vista Visto em http://alistadosbons.blogspot.com/2011/05/so-noticias-divida-interna-perigo-vista.html Dívida Interna: perigo à vista Autor: Waldir Serafim A dívida interna do Brasil, que montava R$ 892,4 bilhões quando Lula assumiu o governo em 2003, atingiu em 2009 o montante de R$ 1,40 trilhão de reais e, segundo limites definidos pelo próprio governo, poderá fechar 2010 em R$ [...]

Uma imagem que traduz a marcha da liberdade que está ocorrendo em SP agora

Posted: 28 May 2011 01:24 PM PDT

A polícia diz que foram 1200 manifestantes. Fotos disponíveis na net, transmissões ao vivo e depoimento de quem está na #marcha informam que foram aproximadamente 10000 pessoas. Grande participação da Casa e Circuito Fora do Eixo – movimento originário de Cuiabá. 10.000 pessoas nas ruas. 250 policiais. Protesto pacífico. Cartazes em espanhol em solidariedade pelo [...]

« newsletter ateus.net » publicações recentes


Olá,

Confira as publicações mais recentes do Ateus.net:

  1. Voltaire quando do terremoto de Lisboa
    Ó infelizes mortais, ó terra deplorável. Ó ajuntamento assustador de seres humanos! Eterna diversão de inúteis dores! Filósofos alienados que proclamam: — tudo vai bem. Venham contemplar essas ruínas horrendas, esses destroços, esses farrapos, essas cinzas malditas, essas mulheres e essas crianças amontoadas sob mármores partidos, seus membros espalhados. Cem mil desafortunados que a terra devora, que sangrando, dilacerados, e ainda palpitando, enterrados sob seus tetos, sucumbem sem socorro, no horror de tormentas findando seus dias! Diante dos gritos de suas vozes moribundas, do horror de suas cinzas ainda crepitantes, vocês dirão: é a consequência de leis eternas que um Deus livre e bom resolveu aplicar?! Vocês dirão, vendo esse amontoado de vítimas: Deus vingou-se, e a morte deles é o preço de seus crimes?!

  2. Promoção: siga o @Ateusnet no Twitter e concorra aos três livros de André Cancian
    Siga o @Ateusnet no Twitter e concorra aos três livros de André Cancian: Ateísmo & Liberdade (2002), O Vazio da Máquina (2009) e Ateísmo e Niilismo (2011). A promoção terá validade de 1 mês a partir da data de hoje (28/05). Boa sorte!

  3. Ateus.net com servidor dedicado
    Devido ao grande número de acessos, o Ateus.net vinha enfrentando constantes episódios de instabilidade. Além dos períodos de downtime, era constante a lentidão nos horários de pico, tornando a navegação uma experiência certamente desagradável. Para amenizar essa situação, agora o Ateus.net conta com um servidor dedicado, proporcionando os recursos necessários para que o site continue crescendo cada vez mais.

  4. O deus que não estava lá
    A Terra gira ao redor do Sol. Mas isso não foi sempre assim. O Sol costumava girar ao redor da Terra. Foi assim durante centenas de anos, até que se descobriu que era de outro jeito... e mesmo por algumas centenas de anos depois disso... Mas, finalmente, depois de muita confusão a Terra começou, de fato, a girar ao redor do Sol. O cristianismo estava errado sobre o sistema solar. E se também estiver errado sobre outra coisa?



Ateus.net no Facebook | Siga-nos no twitter: @ateusnet




A mensagem acima foi enviada porque em 18/09/2010 10:13 seu e-mail foi inscrito no Ateus.net.

Você pode alterar ou cancelar sua inscrição a qualquer momento.

sábado, 28 de maio de 2011

MENSAGEM AOS MEMBROS DO SITE IRRELIGIOSOSOS

Se você não sabe, aceita e não questiona, embota-se e acaba virando crente.

Uma mensagem a todos os membros de Irreligiosos

Marketing Religioso Evangélico: Os Bastidores da IURD
O Irreligiosos acaba de publicar uma matéria explosiva, que julga ser do intresse de todos os membros. Trata-se de uma análise, baseada numa playlist de 8 vídeos integrados (divulgados na íntegra), criados por um ex-pastor da IURD, que denuncia detalhadamente como eram feitas as campanhas para iludir os fiéis e sugestioná-los a crer e a contribuir cada vez mais. Também revela as pressões internas sofridas pelos pastores, no sentido de aumentar a arrecadação e atingir metas. O que acontece com o pastor que não consegue? Vale a pena conferir (e debater).
Saudações Irreligiosas
O Administrador
Visite Irreligiosos em: http://irreligiosos.ning.com/?xg_source=msg_mes_network

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Ecocidio

Ecocidio


Marcha da Liberdade – #marchadaliberdade

Posted: 27 May 2011 10:23 AM PDT

Não somos uma organização. Não somos um partido. Não somos virtuais. Somos uma rede. Somos REAIS. Conectados, abertos, interdependentes, transversais, digitais e de carne e osso. Não temos cartilhas. Não temos armas, nem ódio. Não respondemos à autoridade. Respondemos aos nossos sonhos, nossas consciências e corações. Ciclistas, peçam a legalização da maconha. Maconheiros, tragam uma bandeira [...]

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Ecocidio

Ecocidio


Presidente Equatoriano fala abertamente sobre chemtrails

Posted: 24 May 2011 10:17 PM PDT

Verdades não podem ser ocultadas. O mundo – e nós – estamos mudando. Olhem um dos porques do governos brasileiros não incentivarem a relação com nossos hermanos: Saberíamos de muito mais coisas, e o Estado e seus controladores não querem que saibamos que as mesmas coisas que ocorrem com os hermanos, ocorrem aqui também. Isso [...]

terça-feira, 24 de maio de 2011

« newsletter ateus.net » publicações recentes


Olá,

Confira as publicações mais recentes do Ateus.net:

  1. Lançamento: Ateísmo e Niilismo, 1. ed.
    A redação de Ateísmo e Niilismo iniciou-se em meados de 2010 e, um ano depois, a obra finalmente vem a público. A relação entre ateísmo e niilismo, apesar de crucial para compreendermos o impacto da descrença em deus na subjetividade humana, é muitas vezes negligenciada. No processo de abandonar a crença em deus(es), costuma-se dar pouca atenção aos aspectos humanos da crença. Disso é comum resultar um ateísmo leviano, rude, calcado num feroz combate à religião. Luta-se contra a religião, não por motivos legítimos, mas simplesmente como quem lutasse por seu "time", na ingênua suposição de que, se todos fossem "racionais", o mundo estaria "salvo". Ora, essa não é exatamente a postura de um religioso, às avessas?

  2. Algumas palavras sobre o panteísmo
    A controvérsia contemporânea entre teísmo e panteísmo travada pelos professores de filosofia pode ser apresentada alegórica e dramaticamente mediante um diálogo ocorrido na plateia de um teatro em Milão, durante a representação. Um dos interlocutores, convencido de se encontrar no grande e famoso teatro de marionetes de Girolamo, admira a arte com que o diretor fez os marionetes e dirige o espetáculo. O outro contradiz: De modo algum! (...)

  3. Um novo jeito de explicar as explicações
    Tenho certeza de que, durante os mais de cem mil anos da existência de nossa espécie, e mesmo antes, nossos ancestrais olhavam para o céu à noite, e ficavam imaginando o que são as estrelas. Imaginando, portanto, como explicar o que eles viam em termos de coisas não visíveis.

  4. Sobre o ateísmo militante
    Essa música esplêndida, a música de entrada, "A Marcha do Elefante" de Aida, é a música que escolhi para o meu funeral, e vocês podem ver por quê. É triunfante. Eu vou... não vou sentir nada, mas se pudesse, me sentiria triunfante apenas por ter vivido, e por ter vivido neste planeta esplêndido.

  5. Simulador divino
    Você é um Deus eterno e onipotente. Ao longo de todo o seu eterno e tedioso passado, vagou pela escuridão do nada se perguntando o que deveria estar fazendo e meditando sobre suas origens, seu sentido e a razão pela qual você se parece com um velho barbudo e bravo. Repentinamente, surge a vontade de fazer alguma coisa.

  6. Sobre nossa consciência
    Vou falar sobre um problema que tenho, sou um filósofo. Quando vou a uma festa e as pessoas me perguntam o que faço, e digo "sou professor", me olham entediados. Quando vou a um coquetel de acadêmicos e estão todos os professores ao redor, me perguntam qual meu ramo, e digo filosofia, me olham entediados.

  7. O mito da caverna
    Sócrates. Figura-te agora o estado da natureza humana, em relação à ciência e à ignorância, sob a forma alegórica que passo a fazer. Imagina os homens encerrados em morada subterrânea e cavernosa que dá entrada livre à luz em toda extensão. Aí, desde a infância, têm os homens o pescoço e as pernas presos de modo que permanecem imóveis e só veem os objetos que lhes estão diante. Presos pelas cadeias, não podem voltar o rosto. (...)

  8. A fábrica de ideais
    — Alguém quer descer o olhar sobre o segredo de como se fabricam ideais na terra? Quem tem a coragem para isso?… Muito bem! Aqui se abre a vista a essa negra oficina. Espere ainda um instante, senhor Curioso e Temerário: seu olho deve primeiro se acostumar a essa luz falsa e cambiante… Certo! Basta! Fale agora! Que sucede ali embaixo? Diga o que vê, homem da curiosidade perigosa — agora sou eu quem escuta. —— "Eu nada vejo, mas por isso ouço muito bem. É um cochichar e sussurrar cauteloso, sonso, manso, vindo de todos os cantos e quinas. (...)



Siga-nos no twitter: @ateusnet




A mensagem acima foi enviada porque em 18/09/2010 10:13 seu e-mail foi inscrito no Ateus.net.

Você pode alterar ou cancelar sua inscrição a qualquer momento.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Ecocidio

Ecocidio


Não preste atenção

Posted: 20 May 2011 01:18 AM PDT

Sincronicidade. Hoje eu ouvi duas vezes a mesma coisa.  Na verdade primeiro a li, e agora ouvi em um doc do Victor Brossa com Bianca Atwell. Simplesmente a coisa mais libertadora que existe. É o óbvio. E, como todo óbvio, é tão claro, está tão na cara que muitas vezes é difícil percebê-lo. Mas, uma [...]

Massa Crítica – Bicicletada em Brasília

Posted: 19 May 2011 02:33 PM PDT

Aconteceu em março desse ano. Está acontecendo em outras localidades e está na mídia pelo lado positivo e também pelo negativo (o atropelamento coletivo em POA que virou pizza). Mostra de forma clara como nosso tempo não é dinheiro, e sim ARTE! Mostra também que para chegarmos nesse estado de arte, ou seja, nosso verdadeiro [...]

sábado, 14 de maio de 2011

Ecocidio

Ecocidio


@QuakeRedAlert e o conto do jacaré, por Ecocídio

Posted: 14 May 2011 02:32 AM PDT

Cuiabá é uma terra boa, mas não são muitos os que sabem disso. Eu sou do Rio, e a primeira vez que morei aqui foi em 89. Já tinha morado eu outros lugares antes mas nada tão distante. Mesmo bom de geografia – aliás meu primeiro ano de geografia, pois cheguei à “terrinha” na metade [...]

quarta-feira, 11 de maio de 2011

A FAZENDA UNIVERSAL POR WILLIAM PEREIRA DA SILVA

A FAZENDA UNIVERSAL
Por William Pereira da Silva


A procura de entender o que vivemos, quem somos, tudo isso que vemos e sentimos, geram em nossos pensamentos teorias das mais diversas.
telescopio espacial hubble galaxias ciencia cosmos estrelasVendo o universo em fotos feitas pelo telescópio Hubble, o telescópio espacial Spitzer da Nasa, o telescópio Gemini Norte, nossa imaginação fica pequena diante da grandeza do Universo (Se é que tem grandeza), torna-se inimaginável conceber este universo dentro dos conhecimentos humanos. É algo de extraordinário, fantástico. São milhões, BILHÕES de galáxias, estrelas, planetas e elementos jamais imaginados pela mente humana. O desconhecido aponta a nossa frente. Tudo o que pensamos sobre o universo passa a ser quase nada em termos de conhecimento do que realmente existe por lá. Buracos Negros, estrelas em duplicidade fazendo evoluções num vai e vem constante, nebulosas criando novas estrelas, galáxias se aproximam e afastam-se uma das outras. Grupos de galáxias viajam pelo Universo. Quasares, pulsares. Explosões de estrelas, explosões no encontro de galáxias gerando energias gigantescas, absurdas. Energias, elementos e matérias jamais imaginadas, não se têm a mínima noção do que são tais “coisas”.

telescopio espacial hubble galaxias ciencia cosmos estrelasMatéria, anti-materia, matéria escura, energia escura, anti-partícula, espuma cósmicas, bóson, quark, universo aberto, universo fechado, big bang, raios gama, buraco negro, buraco de minhoca, tudo não passa de adjetivos e mais adjetivos para o incompreensível. Procuramos acomodar em nossa mentes aquilo que vemos. É fácil dizer; olhe, ali esta a Lua, as estrelas, o céu, mas realmente o que é isso, como se formou, para que esta ali.

Nossa inteligência fica perturbada diante do todo. O Deus descrito na Bíblia fica pequeno diante do que esta por vir com as novas descobertas do infinito universo, do cosmo.

telescopio espacial hubble galaxias ciencia cosmos estrelasA terra não é absolutamente nada diante do universo incomensurável, o universo não precisa de nós, somos praticamente
 imperceptíveis, minúsculo, insignificantes, poeira cósmica.

Fica difícil acreditar que um DEUS criou o céu e a terra para satisfazer somente um desejo de criação e reserva um lugarzinho no universo chamado céu para nós. Como seria este céu? O que ficaríamos fazendo lá toda a eternidade? Louvando a Deus, comendo pão e mel, tornaríamos luz, energia? Seria um lugar onde esses espíritos energéticos ficariam circundando este DEUS? O céu seria todo o cosmo onde poderíamos por toda a eternidade viajar livremente para todos os lugares infiltrando-se em tudo quanto é matéria ou não matéria? Livres para vagar sem fim junto com as galáxias, as poeiras cósmica, as energias existentes no universo, podendo transforma-se em outros tipos de energias, formas, outras dimensões ou na pequenez de reproduzirmos numa versão melhor a terra lá no céu que Deus criou. O que Deus quer de nós? Somente a ética e a moralidade para vivermos como animais diferenciados dos outros com leis e normas para podermos ter uma convivência pacificas e harmoniosa enquanto chega à morte corporal? Por que estamos numa situação tão calamitosa e sofrida dentro de um universo tão rico e vasto de mundos e formas de vidas diversas. Vidas diversas no sentido de a energia em qualquer de suas formas e essência sejam vidas, matéria conhecida ou não. Tudo que move é energia, o universo é móvel. Tudo é energia.

Penso DEUS o próprio cosmo, universo, o todo, o tudo relacionando entre si, o ínfimo com o incomensurável. As galáxias, poeiras cósmicas, estrelas, planetas, matéria, não matéria, bóson, prótons, nêutrons, partículas, anti-partículas, satélites, cometas, todas as forças da natureza na terra, todos os elementos, o homem, o inseto, o átomo, tudo é DEUS. Estamos interligados de uma forma ou de outra com o cosmo, o universo. O ínfimo com o infinito grandioso. Tudo tem uma ligação em si.
Pensamos nas coisas grandiosas e infinitas, mas se tudo for bem analisado tudo vem do pequeno para o grande e do grande para o pequeno, do ínfimo para o universo e do universo para o ínfimo. 
De uma poeira cósmica onde nada existe forma a energia, a luz, as explosões, as estrelas e os planetas e seus minúsculos seres e depois de separados volta-se a unir-se para uma nova explosão numa situação de expande e encolhe, do grande para o pequeno e do pequeno para o grande. Tudo esta ligado de uma forma ou de outra. Uma galáxia a bilhões de anos luz tem a ver com nossa galáxia, tudo partiu de um ponto. O cosmo é um só. Se existir outros universos também fizeram parte desse em que vivemos em algum momento. Dimensões opostas formando uma só dimensão ou outras tantas dimensões.

Pode-se imaginar a criação da terra da mesma forma como foi criado o universo. Leis cósmicas determinantes e imutáveis gerando o paradoxal caos perfeito. Tudo é perfeito e matemáticamente milimetrado e dentro disso tudo o caos e a ordem seguindo junto.

A terra apareceu da evolução do universo, das explosões das estrelas isto é, do caos e depois de anos luz conseguiu ficar na ordem da gravidade do sol em harmonia para desenvolver tudo que nela existe. Não há interferência de DEUS em nada, (Eu não creio em um Deus) tudo evoluiu dentro das leis universais de caos e ordem, ordem e caos, dentro do próprio DEUS que é o tudo que existe.

A terra obedecendo às leis universais segue sua evolução até o dia da sua involução, da sua morte, de volta ao caos. Talvez quando a via Láctea encontrar-se com outra galáxia gerando o encontro das energias, acontecendo à gigantesca explosão ou quem sabe um simples pedaço de pedra cósmica chocando com a terra.

Nesta harmonia encontrada aconteceu no caos os elementos necessários à vida que evoluiu lentamente sem a interferência de nada, tudo na perfeita ordem do caos.
Evoluímos e chegamos onde estamos como seres vivos que formaremos outros seres vivos e junto com a terra evoluindo até o estagio final para voltar ao caos novamente .Por que e para quê talvez não haja resposta.

Temos de estar e viver, quem sabe existir dentro de nós um espírito para continuar evoluindo e seguindo junto ao universo na expansão, na manutenção de DEUS, já que somos matéria de DEUS, estamos dentro para fazer parte do universo e como espírito é a forma de evoluirmos juntos. Quem sabe? Pode ser! Talvez! Duvido! Não creio! Filosofo.
Seria uma tremenda injustiça existir um Deus criador da terra e nela colocar seres para obedecer a leis mutáveis de acordo com intenção desse Deus. Escolher um local e um povo para ditar as normas e maneiras de viver da humanidade. Prefiro crer que tudo evolui dentro do caos e ordem, onde todos estão sujeitos às mesmas leis. Seria muito cruel da parte de um Deus deixar um ser morrer a mingua enquanto deixa outro viver na soberba. Cura uma criatura do câncer e a outro o câncer corroi seu corpo. Um sofre e outro sorri. Guerras, fomes, pestes, terremotos, maremotos, calamidades, extermínios, pandemias. Deixa tudo acontecer e fica no céu escolhendo o momento certo para mandar alguém na terra para controlar o caos, possivelmente um filho seu, depois de milhões de anos de existência da terra e de seres humanos habitando o planeta.
Teria esse Deus a terra como uma fazenda? Onde seu rebanho será bem tratado se obedecer a suas ordens, seus desejos. Prefiro ver a terra como uma fazenda que o universo criou e segue as leis universais da evolução não deixando nada ou ninguém interferir, é a lei universal e pronto. Tudo segue dentro de uma consequencia onde o homem tem de lutar contra a natureza adaptando-se a ela de acordo com as circunstâncias que ela cria. Todos estão sujeitos às mesmas leis. O caos e a ordem, a ordem e o caos.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Ecocidio

Ecocidio


Nem os fazendeiros comem o que produzem

Posted: 08 May 2011 11:45 PM PDT

O vídeo abaixo mostra o fazendeiro americano Brad nos contando que nem mesmo os próprios produtores comem aquilo que produzem. A razão? Eles sabem o que há nos animais que criam e nos alimentos e outras coisas que esses animais ingerem! Lástima estar apenas em inglês. Se alguém o traduzir, por favor me avise. O [...]
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...